Brasil vence e tem duas menções honrosas em competição da Microsoft

By 29 de dezembro de 2015 Imagine Cup No Comments
projectbridge2-6766b4beec2e

Três grandes projetos de estudantes do Brasil receberam destaque no 2016 Big Idea: Plan competição da Microsoft que precede a Imagine Cup, o maior campeonato de estudantes de tecnologia do mundo. Na última edição da competição, que era chamada de Project BluePrint Challenge, três equipes brasileiras receberam menções honrosas em cada uma das categorias do desafio: Game, Inovação e Cidadania Mundial. A equipe eFitFashion que participou da categoria de inovação foi a vencedora mundial da Imagine Cup 2015.

No 2016 Big Idea: Plan o Brasil foi melhor ainda, o Project Bridge ganhou o prêmio na categoria de Cidadania Mundial, o time da Universidade Estadual de São Paulo (USP) que já tinha recebido menção honrosa no BluePrint; e mais dois os times receberam menções honrosas: Eureka, na categoria de Jogos, e Law for Good, Play for Change, na categoria de Cidadania Mundial.

Essa não é a primeira vez do Project Bridge em competições da Microsoft, já chegaram na final nacional em 2014 e receberam menção honrosa no Project BluePrint Challenge na categoria de Cidadania Mundial. O antigo projeto Tucano, que teve o time rebatizado como Team Bridge, possui sete jogos de diversos tipos para a realização de fisioterapia com crianças com limitações motoras, como: paralisia cerebral, distrofia muscular e síndrome de down.

Fazendo uso do Kinect inserido num computador as crianças são incentivadas a ir além de suas limitações sutilmente sem sofrer frustrações. “O touchscreen, teclado e mouse ou o leap motion também poderiam ser utilizados, mas tinha um grupo de pacientes que não seria incluso, por isso o Kinect, que também estimula os pacientes com jogos atrativos”, conta Luciano Araújo, professor de Sistemas de Informação e responsável pelo projeto, em entrevista sobre o Project BluePrint Challenge.

Os jogos já desenvolvidos foram testados na comunidade da Universidade por mais de 300 crianças. O diferencial, é a possibilidade de reconhecer até pequenos movimentos de crianças com paralisia cerebral e distrofica muscular, segundo publicado na página do time no site da Imagine Cup.

Veja imagens dos jogos que estão dentro do projeto do Team Bridge, todas foram cedidas pelo professor Luciano no início de 2015:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Equipe Signum